http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/189139banner1.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/749932banner2.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/414428banner3.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/649328banner4.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/847684banner5.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/850105banner6.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/257256banner7.jpglink
http://missionarias.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/855092banner8.jpglink
História

“Deus quer, o homem sonha a obra nasce.” (Fernando Pessoa)

A Sociedade Missionárias da Boa Nova (SMBN) está na génesis do grupo. Foi sua a ideia de patrocinar uma associação destinada ao laicado. (P. Manuel Fernandes).

Em 1963 algumas das auxiliares das Missões após participação de um retiro, foram fazer a primeira experiência de vida comunitária. A Quinta do Penedo foi sua primeira residência.

A Assembleia de 1968 da SMBN deu um novo impulso ao grupo que passou a chamar-se de Missionárias da Boa Nova, com a finalidade de estar ao serviço da evangelização, em colaboração e segundo o mesmo espírito da SMBN.

Em 1970 partiu o primeiro grupo para Moçambique, diocese de Nampula, a missão de Angoche. Eram a Ângela Sousa, Maria do Céu Silva, Maria da Purificação Santos e Maria da Glória Fernandes. Aí desenvolveram seu apostolado na escola infantil, no colégio e no hospital da cidade.

Com as convulsões da Independência, foi suspensa a presença e atividadade das missionárias em Moçambique e em 1977 partiram para o Brasil, estado de Minas Gerais, diocese de Teofilo Otóni a primeira equipa, Gracinda Figueiredo vinda de Moçambique, Conceição Gaspar e Clemência Santos. Clube de mães, jovens, jardim infantil, assistência aos doentes, catequese, grupos de reflexão e celebração da Palavra de Deus foram algumas das ações desenvolvidas.

Após dos Acordos de Paz em 1994, a pedido do pároco, P. José Marques as missionárias regressam a Moçambique. Agora para a diocese de Pemba- Missão de Ocua, onde permanecemos até Agosto do corrente ano.

50 Anos de caminhada com os pobres é o tema escolhido para o ano jubilar e o lema Consolai, consolai o Meu povo (Is 40,1) porque só Cristo é a resposta ao nosso SIM, dado na Fé. Transmitir aos irmãos o Seu rosto materno que santifica nos faz viver e crescer na esperança e confiar porque no final do nosso caminho … está Deus!

 
 

 
 
 
 
Share